16 junho 2017

VIOLÊNCIA: 7 em cada 10 policiais mortos em SP estavam de folga

Uma pesquisa inédita do Instituto Sou da Paz apontou que menos 70% dos policiais assassinados na capital paulista estavam de folga. De acordo com o Folha de S. Paulo, a pesquisa foi baseada em 601 boletins de ocorrência de mortes de policiais e mortes provocadas pela polícia entre 2013 e 2014 em São Paulo. Os resultados revelaram que apenas 7,5% dos agentes estavam em serviço atendendo a ocorrências no momento em que foram assassinados. O estudo também indicou que não foi possível mapear 22,5% dos casos pelos registros oficiais. Ainda segundo a reportagem, 49% das mortes provocadas pela polícia ocorreram após suspeita do agente e 34% foram mortos após o acionamento da polícia feito por chamadas na central, ou por pessoas na rua.
Reações: