12 dezembro 2017

GLAMOUR À MODA ANTIGA: Jornal nacional mostra a volta do fogão a lenha e vira piada na internet

O Jornal Nacional, da Rede Globo, fez reportagem sobre volta da “cozinha à moda antiga” — o fogão a lenha —, em razão do preço do gás (quase 70% mais caro de junho até agora), e virou piada na internet. Teve gente sugerindo que, depois da reportagem que glamurizou a lenha, o Jornal Nacional faça outra, sobre a substituição do carro pelo jegue e da energia elétrica pela vela. E mostre aonde chegamos depois que a Globo ajudou Michel Temer a erguer a ponte para o futuro em cima do golpe que incinerou 54 milhões de votos.
(Brasil247)
    

SAFADINHO: Mulheres que acusam Trump de conduta sexual inadequada pedem investigação do Congresso

Três mulheres que acusam o presidente norte-americano, Donald Trump, de má conduta sexual pediram nesta segunda-feira (11) uma investigação do Congresso americano sobre este comportamento, em meio a uma onda de acusações semelhantes contra homens proeminentes em Hollywood, na imprensa e na política. Nos últimos dois anos, 19 mulheres acusaram Trump de má conduta sexual, antes dele ser candidato à presidência dos EUA. Trump é acusado de beijá-las sem sua permissão, agarrá-las por suas partes íntimas, colocar as mãos dentro de suas saias e outras atitudes indesejadas. Três de suas acusadoras, Jessica Leeds, Rachel Crooks e Samantha Holvey, afirmaram em entrevista coletiva nesta segunda que as acusações justificavam uma nova consideração à discussão mais ampla sobre assédio sexual na sociedade norte-americana. O Congresso deve "colocar de lado suas afiliações partidárias e investigar o histórico de má conduta sexual do sr. Trump", disse Crooks, ex-recepcionista de empresa imobiliária, que foi apoiada por Leeds e Holvey. As mulheres disseram não acreditar que Trump deixará seu cargo por conta das alegações, mas que ele deve ser responsabilizado.
(G1)
    

MINAS: Passageira é morta após falar alto e acordar mulher dentro de ônibus

A intolerância dentro de um ônibus que circulava na Avenida Paraná, no centro de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (11), terminou com uma passageira morta. A vítima foi assassinada com golpes de canivete depois de falar alto e acordar a suspeita, que cochilava momentos antes de atacar Valdete Lopes Queiroz, 49 anos. Após ser acordada, a autora do crime começou uma discussão com Valdete e, antes de descer do veículo, pegou o objeto perfuro-cortante, atingiu a vítima no tórax e fugiu. A mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.
    

SAÚDE: Número de casos de dengue no país tem queda de quase 84%

Entre janeiro e novembro deste ano, as notificações de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, mosquito causador da dengue, chikungunya e zika vírus, tiveram queda na comparação com o mesmo período de 2016. Os casos de dengue diminuíram 83,7%, assim como os óbitos, que tiveram redução de 82,4%. Ainda caso para atenção, a dengue é uma doença viral que se espalha rapidamente no mundo. O maior surto no Brasil ocorreu no ano de 2013, com aproximadamente 2 milhões de casos notificados. O controle está centrado na redução da presença do mosquito. Campanhas do Ministério da Saúde alertam para os cuidados com a limpeza nas casas e nas ruas, para a eliminação de possíveis criadouros e para a gravidade da doença. A pernambucana Rosineide Mota perdeu a filha para a dengue e destaca que "em nenhum momento acreditava que seria tão grave”. “Fico tentando conscientizar as pessoas de que realmente a dengue mata”, alerta.
    

DIREÇÃO: Familiares não ocuparão mais presidência da Odebrecht

Cerca de uma semana antes de o empresário Marcelo Odebrecht deixar a prisão, seu pai, Emílio, anunciou nesta segunda-feira (11) que os membros da família não vão mais ocupar o cargo de presidente na empresa. O diretor-presidente será escolhido pelo presidente do conselho de administração dentre os diretores da Odebrecht e deve ter, no máximo, 65 anos. O acordo firmado com a Justiça já previa que Marcelo, que passou dois anos e meio atrás das grades, permaneceria afastado da gestão do grupo. Ele seguirá em prisão domiciliar."Esta decisão representa a vontade do acionista controlador de promover a separação entre a família Odebrecht e a liderança executiva da Odebrecht S.A., holding do grupo, e deixa claro que a assembleia geral é o foro onde o acionista controlador pode atuar, interagir e deliberar", disse Emilio Odebrecht no comunicado.
    

PELA PREVIDÊNCIA: Temer pede R$ 3,6 bilhões a ministros para liberação de emendas

Na ânsia de conseguir o apoio necessário à aprovação da reforma da Previdência, o presidente Michel Temer pediu aos ministros Ricardo Barros (Saúde), Alexandre Baldy (Cidades) e Helder Barbalho (Integração Nacional) que revejam o orçamento das respectivas pastas de modo a disponibilizarem R$ 3,6 bilhões em recursos - a verba, segundo o jornal Folha de S. Paulo, seria paga em forma de emendas parlamentares no início do ano que vem. A expectativa do Planalto é votar a reforma até a próxima segunda-feira (18), na semana em que também será votado o Orçamento de 2018. No momento, o governo avalia ter não mais do que 280 votos para a aprovação das novas regras da aposentadoria - são necessários 308. A pressão recai sobre partidos da base, como PR e PSD, e ao PSDB, cujo presidente, Geraldo Alckmin, favorável às mudanças, espera dar um ponto no final sobre a questão ainda esta semana.
    

VIROU FARRA: Tiririca usa cota parlamentar para viajar a locais onde faria shows

Depois de sete anos como deputado federal, o palhaço Tiririca (PR-SP) fez, na quarta-feira (6), o seu primeiro e último discurso, segundo ele mesmo, na tribuna da Câmara dos Deputados. Na fala, que durou cerca de oito minutos, ele disse estar "abandonando a vida pública". "Estou saindo triste para caramba. Estou saindo muito chateado, muito chateado mesmo com a nossa política, com o nosso Parlamento. Como artista popular que sou e político que estou, estou saindo chateado", disse Tiririca. E prosseguiu: "O que eu vi nos sete anos aqui, eu saio totalmente com vergonha. Não vou generalizar, não são todos. Tem gente boa aqui dentro", afirmou o deputado. O que Tiririca não mencionou, de acordo com levantamento feito pelo Correio Braziliense, foi que usou dinheiro público, referente à cota parlamentar a que tem direito, para pagar passagens aéreas dele e de seus assessores rumo a locais onde faria shows.
    

GOLDMAN DISPARA CONTRA DORIA: 'É um mentiroso'

O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman e o atual prefeito da capital paulista, João Doria, ambos do PSDB, entraram em grande polêmica em outubro após o primeiro criticar a gestão do segundo. À época, Goldman afirmara que, após nove meses, nascera um candidato a presidente, mas não um prefeito. Doria respondera dizendo que Goldman era um fracassado. Em entrevista à Folha de S. Paulo no último sábado (9), o prefeito disse que os dois já teriam conversado e se desculpado sobre o ocorrido: "Goldman já pediu desculpas a mim e eu já falei com ele". Segundo a colunista Monica Bergamo, no entanto, o ex-governador não confirmou a conversa e chamou o colega de partido de "mentiroso". "Eu nem tinha por que me desculpar. Não ofendi ninguém. E, se ele tivesse me procurado, eu não teria nem conversado. Ele me faz uma ofensa desse nível, dizendo que minha história inteira não valeu nada. Vai se desculpar de quê? Ofendi outras pessoas e com elas que me desculpei", explicou Goldman. Doria não respondeu às novas críticas e disse ter a intenção de manter a unidade do PSDB.
    

TRÁFICO DE CRIANÇAS: Igreja Universal é acusada de 'roubar' crianças em Portugal

O bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e proprietário do Grupo Record de Comunicação, é alvo de uma grave denúncia veiculada pela emissora portuguesa TVI. Nesta segunda-feira (11), o Jornal da Noite exibiu reportagem na qual duas entrevistadas denunciam o bispo por "roubar" crianças de famílias pobres de Portugal para serem adotadas, de formas suspeita, por bispos e pastores da IURD no Brasil. Duas delas, Vera e Luis, teriam sido adotadas pela própria filha de Macedo, Viviane Freitas, e levadas paras os Estados Unidos. A reportagem trouxe o caso à tona através do depoimento da suposta mãe das crianças, que teve a imagem borrada enquanto contava a história. Segundo a versão da mulher, diante das dificuldades para criar os filhos ela foi obrigada por uma assistente social a deixar três crianças - Vera, na época com 3 anos e meio; Luis, de 2 anos e Fábio, de 9 meses - em uma instituição. Na altura, ela morava em uma casa vizinha à Igreja Universal do Reino de Deus da Amadora (Grande Lisboa).
    

11 dezembro 2017

FARRA: Ministros usam aviões da FAB para dar carona a familiares e lobistas

Ministros do governo de Michel Temer usaram voos da Força Aérea Brasileira (FAB), requisitados com o propósito de cumprir agendas de trabalho, para transportar parentes, amigos e representantes do setor privado. Há carona a mulheres e filhos, que não têm vínculo com a administração pública. A reportagem levantou as informações por meio da Lei de Acesso à Informação. O decreto 4.244/2002, que dispõe sobre os voos, permite o uso da frota “somente” para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas, salvo nos casos em que há autorização especial do ministro da Defesa. A norma não autoriza expressamente o embarque de pessoas sem cargo ou função pública. Também não há previsão para que congressistas peguem carona. A reportagem obteve dados de viagens feitas por 12 ministros. Seis deles levaram filhos ou esposas na comitiva, não raro para cumprir agendas em locais turísticos. Um sétimo deu carona para a mulher de um colega de Esplanada. Três das autoridades levaram amigos a bordo e três transportaram empresários ou lobistas. Sete pastas não apresentaram as relações de passageiros. Entre 13 e 16 de outubro de 2016, a FAB cedeu um de seus jatos para que o titular do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), participasse de encontro sobre sustentabilidade no Pantanal. O evento, emendado com o dia das crianças, se deu no Refúgio Ecológico Caiman, hotel luxuoso em Miranda (MS). Na comitiva estava o filho de 11 anos do ministro.
(gazetadopovo.com.br)
    

OBSERVAÇÃO: Melhor chuva de meteoros do ano será nesta semana

Uma das principais chuvas de meteoros para o observadores do espaço, a Geminidas poderá ser observada, neste ano, do fim da tarde desta quarta-feira (13) até as primeiras horas da quinta-feira (14). A previsão é de que as luzes não sejam ofuscadas pela Lua e, conforme especialistas há grande possibilidade de que sejam vistas ao redor do mundo. "Com a Perseida de agosto tendo sido obscurecida pela forte luz da Lua, a Geminidas será a melhor chuva de meteoros deste ano", garante Bill Cooke, do Escritório de Ambiente Meteórico da NASA. "A Lua será crescente e não atrapalhará o show", antecipa. Ano passado, com uma Super Lua no céu, a chuva de meteoros passou despercebida. Na previsão da NASA, a Geminidas estará mais visível para quem ficar acordado até tarde, entre as 22h e às 2h da madrugada (hora de Brasília). O fenômeno pode ser ainda melhor apreciado por quem estiver no campo ou um pouco distante das luzes e poluição das grandes cidades. A previsão é de que eles vejam cerca de 100 meteoros entre 23h e 0h (hora de Brasília), segundo a Associação Norte-Americana de Meteoros. 
    

LITORAL PAULISTA: Após assediar mulher, jovem é preso por atacar menina de 14 anos

Dias depois de ser liberado após assediar uma mulher de 22 anos, em São Paulo, um jovem de 18 anos foi preso em flagrante por atacar um menina de 14 anos. As informações de agentes da Polícia Civil são de que Gabriel Diegues Pena agarrou e beijou à força a adolescente. Os dois crimes foram cometidos no Parque Roberto Mário Santini, que fica no limite das cidades de Santos e São Vicente. Pena permaneceu preso e poderá responder por estupro. Conforme a polícia, a menina passeava com amigas no local, quando sofreu o assédio . Ao conseguir se livrar do agressor, a vítima procurou a polícia. Após a prisão, outras duas mulheres, uma de 25 anos e outra de 59, também alegaram terem sido atacadas, da mesma forma, durante a semana passada. Gabriel Diegues Pena foi encaminhado à cadeia do 5º DP de Santos. A polícia acredita que novas vítimas podem fazer denúncias, agora que o jovem está detido.